Aldeias de Vila de Rei ficam de fora da lista de aldeias finalistas

0
10
Água Formosa, Alcamim, Fernandaires e Zaboeira ficam de fora nas 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias Finalistaas
- Publicidade -

Já são conhecidas as 49 aldeias finalistas para as 7 Maravilhas de Portugal e as quatro representantes de Vila de Rei ficaram de fora da lista com as 49 aldeias finalistas.

Depois das maravilhas naturais, da gastronomia e das praias da Costa Alentejana, o concurso que todos os anos celebra uma característica única do nosso País quer descobrir agora as melhores aldeias do País.

A competição arrancou com 332 candidatos, e na passada sexta-feira, 7 de abril, um conselho científico diminuiu o número para 49. Agora é a vez do público votar.

As finalistas estão divididas em sete categorias: Aldeias Monumento, Aldeias de Mar, Aldeias Ribeirinhas, Aldeias Rurais, Aldeias Remotas, Aldeias Autênticas e Aldeias em Área Protegidas.

A partir de 3 de julho vai poder escolher as suas favoritas, mas a grande corrida é feita na televisão.

A 9 de julho arranca a emissão na RTP das galas dedicadas às 7 Maravilhas de Portugal — até 20 de agosto, todos os domingos são dedicados a apurar as duas finalistas de cada uma das categorias.

Tudo com base nas escolhas do público, claro. A votação é feita através de chamada telefónica e as aldeias vencedoras vão ser conhecidas a 3 de setembro.

Entre as finalistas estão, entre outras, Costa Nova, Piódão, Aldeia das Salinas da Ponte da Bica, Estoi e Faial.

Idanha-a-nova foi o município com mais candidaturas (27) para todas as categorias e é o único representante do distrito de Castelo Branco, com duas nomeações para Aldeia Monumento: Idanha-a-Nova e Monsanto.

Aqui bem perto de nós, apenas foi apurada como finalista a aldeia de Dornes, em Ferreira do Zêzere, na categoria de Aldeias Rurais.

De recordar que Vila de Rei era o município do Médio Tejo com mais candidaturas: Água Formosa, Alcamim, Fernandaires e Zaboeira.

Conheça todas as aldeias finalistas no site oficial das 7 Maravilhas de Portugal.