Uma Lua de Neve, um eclipse e um cometa…

0
11
- Publicidade -

Esta noite é uma noite para colocar os olhos no céu, pois é uma noite especial, que nos brinda com uma lua de neve, um eclipse parcial e um cometa…

Em Portugal, o espetáculo começa às 22h34 e dura até de manhã e o melhor é começar à procura dos binóculos e a montar o telescópio arrumados num qualquer canto. Mas temos más notícias.

Na noite desta sexta-feira, o satélite natural da terra vai entrar em fase de Lua Cheia exatamente ao mesmo tempo que nos brinda com um eclipse parcial penumbral, que vamos poder ver de uma ponta à outra em Portugal, entre as 22h34 e as 02h53 da manhã.

Mas assim que a Lua volte a brilhar com todo o seu esplendor, não tire os olhos do céu: um cometa com a cauda esverdeada vai rasgar o céu noturno nas primeiras horas da madrugada de sexta-feira para sábado e vai ser visível com um telescópio ou binóculo ‘normal’.

Mas uma coisa pode estragar esta noite especial…

Mas deixemos as más notícias para depois e além disso, o facto da Lua estar cheia não representa nada de extraordinário, visto que é normal vermos a lua completamente iluminada uma vez por mês.

Isso acontece quando, na sua rotação em redor da Terra, a terra fica no caminho entre a Lua e o Sol. A luz da nossa estrela ilumina completamente a face visível da Lua, que reflete a luz de volta para a Terra.

É um espetáculo que oferece sempre fotos especiais e que este mês pode ainda ser mais apreciado nos países mais frios: chamam-lhe Lua de Neve por acontecer exatamente na altura do ano em que mais costuma nevar e permitir imagens extraordinárias.

Mas desta vez, a Lua de Neve será ainda mais especial: vai haver um eclipse parcial, isto é, a Lua vai passar pela sombra da Terra e ser parcialmente oculta até quase às três da manhã.

Os eclipses lunares só podem acontecer em noites de Lua Cheia, mas como nem todas as Luas Cheias produzem um eclipse, esta merece um olhar mais atento.

Até porque é apenas o espetáculo inicial para outro mais raro: a passagem do cometa 45P/Honda-Mrkos-Pajdusakova, cuja cauda é verde e que vai estar no ponto mais próximo à Terra dos últimos 30 anos. Mas, infelizmente, não vai ser visível a olho nu.

cometa 45P/Honda-Mrkos-Pajdusakova

Agora sim vamos às más notícias, aquelas que nunca ninguém gosta: a previsão meteorológica não está favorável para andarmos com a cabeça no ar.

Há indicações de céu parcial nublado e chuva fraca para esta noite e também de frio, com as temperaturas a rondarem os 5 graus positivos.

Mas nunca se sabe e numa aberta entre nuvens, pode deparar-se com um espetáculo sempre fascinante, mesmo para os que não têm por hábito andar com a cabeça no ar.

No entanto, deixamos um desafio aos nossos leitores, que nos enviassem fotografias da lua de neve, do eclipse e se possível, do cometa. Ficamos a aguardar as vossas fotos no nosso email geral@viladerei.net, para publicarmos na nossa página no facebook.